sexta-feira, outubro 26

Multivibrador Astável - Circuito e Layout

Depois de um tempo ausente do site, eu voltei com um circuito que fiz na escola e que fez um grande sucesso na sala: um multivibrador astável.
O multivibrador é um circuito que funciona de modo intermitente, como um oscilador, gerando um sinal quadrado ou não, para a onda quadrada usa-se o cálculo:

A frequência é dada em Hertz (Hz), a resistência em Ohms (Ω) e a capacitancia em Farads (F).
O circuito é bem simples:

Cique para ampliar
Clique para ampliar

A saída do sinal é inversa a outra, isto quer dizer que se na direita tiver sinal alto do outro lado será sinal baixo.
A alimentação é de 5 V. O circuito acima gera uma frequência de aproximadamente 0,7 Hz.
Lista de material.

2 Transistores BC547
4 Resistores de 10k
2 Capacitores de 100uF


Na saída pode-se ligar leds, ou outro componente que você desejar.
Até a próxima.

domingo, junho 10

Linguagem C para PIC's: Iniciando - Parte 2.

Este artigo faz parte da sessão Linguagem C.

Definição de dados: variáveis, constantes e identificadores.


Variáveis

É cada letra ou abreviação usada para identificar algo no programa.

Ex.:
           

"int" é o tipo de variável, "x" é a variável, ";" é o comando para fechar a instrução.
"x=10;" define x igual a 10, ";" fecha a instrução.
Obs: Toda a instrução deve, obrigatóriamente, conter um ";" (ponto-e-vírgula) para fechar a instrução.


 Tipos de variáveis

Existem diversos tipos de variáveis:

short int x;    diz que a variável "x", pode assumir 0 ou 1, ou seja, 1 bit.
int x;             diz que a variável "x", possui 8 bits.
long int x;      diz que a variável "x", possui 16 bits.
char x;          diz que a variável "x", possui 8 bits ASCII, ou seja, texto.
float x;          diz que a variável "x", possui 32 bits relativo a um número fracionário.

Para dizer que um número é negativo basta escrever signed antes.

Ex.:
       
"signed int" diz que a variável "x" é de 8 bits e vai de -127 a 128.


Constantes

É o comando para fixar o valor em uma variável.
Ex.:
      
constPI diz que a variável "PI" não terá seu valor alterado.


Identificadores

São os nomes das variáveis e funções que damos. O compilador é sensível, ou seja, diferencia letras maiúsculas e minúsculas, por isso existem algumas regras para a criação de variáveis.

  1. Deve ser iniciada por uma letra.
  2. Ter no máximo 32 caracteres.
  3. Não usar caracteres especiais(! ? / \ ~).

Ex.:

Modo Correto                                               Modo Errado

BOTAO                                                           1BOTAO
LED                                                                   ~LED
BOTAO2                                                         ACENDER!
Led2                                                                  Teste!_1
Lamp_1                                     acender_a_lampada_1_no_pino_2_do_PIC


Aqui termina a segunda parte deste estudo no próximo artigo veremos as primeiras instruções e criaremos o primeiro programa.
Teve alguma dúvida, sugestão ou achou um erro a área de comentários serve para isso. Sinta-se à vontade.
Até breve.

domingo, maio 27

Linguagem C para PIC's: Iniciando - Parte 1.

Como a linguagem C é a mais fácil de se aprender, eu decidi explicá-la aqui em varios artigos com o titulo "Linguagem C para PIC's" , mas aí você, meu amigo leitor, vai perguntar: Por que não faz uma apostila? Aí eu respondo, se eu fizesse uma apostila como é que você iria tirar suas dúvidas? Por isso estou começando esta sequencia de artigos. Sinta-se livre para perguntar o que quiser.
Pronto? Então vamos lá...

Na programação em linguagem C, há 4 componentes que sempre estarão presentes no programa:

● Diretivas de compilação
● Definiçãoes de dados
● Instruções e funções
● Comentários




Diretivas de Compilação

São as instruções que você dá ao compilador (programa que é usado no computador para criar o programa para o pic), como por exemplo dizer ao compilador qual PIC você quer usar. Obs: Toda diretiva deve obrigatóriamente ter um "#" antes da instrução.
Vamos ver então as principais diretivas: #include e #fuses

#include
Ex.:




#include      diz ao compilador para incluir no programa um arquivo externo.
<.......>       são separadores que indicam que ali está endereço do local onde o arquivo está.
16f628A.h é o nome do arquivo neste caso o arquivo com as definições do PIC.

Obs: Este primeiro #include deve contar em todo programa pois ele contém a definições básicas do PIC.


#fuses
Ex.:



Abaixo encontram-se as explicações necessárias: 



#fuses  são fusíveis, ou seja, varíaveis de ajustes do PIC. Cada linha contém uma configuração para o PIC, o exemplo acima se refere ao PIC 16F628A. Outros PIC's podem ter menos #fuses.


 WatchDog Timer é um temporizador automático que dá um reset no sistema, caso haja um erro interno. 

INTRC_IO é a definição do tipo de oscilador.
Há outros tipos de osciladores:
HS(oscilador de alta velocidade com frequencia menor que 4MHz),
LP(oscilador de baixa potência menor que 200KHz),
XT(oscilador à cristal com frequência menor ou igual a 4MHz),
INTRC(oscilador interno).

PUT é um comando para o PIC aguardar um tempo de 72ms (72 microssegundos), para evitar que ele comece a funcionar com a tensão desestabilizada. O oposto deste comando é NOPUT.

NOPROTECT e NOCPD são instruções para o compilador codificar o programa evitando assim a cópia, artifício utilizado nas indústrias. O oposto destes comandos são PROTECT e CPD

BROWNOUT é o comando para resetar o PIC caso a tensão seja menor que 4,5V. O oposto é NOBROWNOUT.

Master Clear é um reset externo. No caso do PIC 16F628A é o pino 4.

NOLVP existem alguns gravadores de PIC (explicarei mais tarde como funcionam) que trabalham com tensões da ordem de alguns volts, como a maioria dos gravadores comuns (caseiros ou não) trabalham com tensões um pouco mais elevadas (5 a 13V) este comando acaba por ser inútil por isso está desabilitado. O oposto é LVP


Este é o método "rústico" para as configurações pois na prática isso é mais fácil, como veremos na hora de criar o nosso primeiro programa e como nada sem uma boa estrutura se mantém, optei por explicar isto primeiro.



Bom pessoal, aqui acaba a parte 1 desta "apostila", assim que a parte 2 for publicada eu editarei esta parte visando a continuidade desta "apostila".
Antes de dar por encerrado este artigo, aí vai alguns links necessários para a continuação deste estudo:


Proteus 7.8 - É um simulador de circuitos de extrema importância e será muito útil.
PIC C Compiler CCS - É um compilador para linguagem C, igualmente necessário e útil.

São dois programas que serão necessários, caso você não tenha baixe-os é de graça.
Pessoal este artigo acaba aqui, caso você tenha alguma dúvida, sugestão ou tenha encontrado um erro, a área de comentários serve para isso deixe sua mensagem lá.
Até breve.

sábado, maio 19

MPLAB IDE 8, a interface para desenvolvimento de programas em assembly.

Existem várias linguagens para a programação de PIC's como: C, Basic, etc... mas para quem busca ter o domínio total do programa e do pic a melhor linguagem de programação é o assembly.
Existem também varários programas desenvolvidos especialmente para a programação em assembly e o principal deles é o MPLAB. Por isso trago a vocês o download deste excelente programa.

Clique abaixo para fazer o download, é grátis!


sexta-feira, maio 18

[DOWNLOAD] PIC C Compiler CCS, o melhor compilador para linguagem C.



Por que usar o PIC C Compiler CCS? Porque este é o melhor compilador para linguagem C, possui suporte a centenas de PIC's, é muito fácil de usar, por essas e outras razões, eu trago a vocês o PIC C Compiler CCS!

Clique abaixo para fazer o download...


Download


Após clicar em Download, aguarde 5 segundos e clique em fechar propaganda no botão na parte de cima do site.

quinta-feira, maio 17

Quer criar circuitos? Que tal usar o Proteus? Então baixe o Proteus 7.8!


Este é o melhor programa para desenvolvimento e simulação de circuitos eletricos, contém uma biblioteca de componentes enorme. Uso e indico.

Clique abaixo para fazer o download...
Após clicar, aguarde 5 segundos e clique em Fechar Propaganda para fazer o download.


Clique aqui para fazer o download...

domingo, maio 13

Seja Bem Vindo!

O 4tronica foi criado com o objetivo de ajudar te você a aprender eletrônica. Aqui você encontrará desde apostilas à programas e circuitos, toda semana terá um material novo para você. Não esqueça de assinar o feed para ficar sempre informado sobre os nossos novos conteúdos. Obrigado pela visita, volte sempre.
4tronica - Seu site de eletrônica